ACM Neto lança Bruno Reis como pré-candidato a prefeito de Salvador


 

Vice-prefeito Bruno Reis e ACM Neto, prefeito de Salvador

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), lançou, na manhã desta segunda-feira (6), o vice-prefeito e secretário municipal de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), Bruno Reis (DEM), como pré-candidato ao Executivo soteropolitano na eleição deste. O ato aconteceu no Hotel Fiesta, no bairro do Itaigara, com a presença de vereadores, deputados e lideranças políticas.

No discurso, Neto evidenciou que o seu vice-prefeito está preparado para a sucessão. “Dediquei meus últimos anos a Salvador. Por isso digo, Salvador, você tem oportunidade em outubro deste ano decidir por aquele que está preparado para ser prefeito, Bruno Reis”, falou.

Desde que foi escolhido como vice para a chapa na eleição de 2016, Bruno já vinha sendo considerado como postulante natural à sucessão do gestor soteropolitano. Em 2018, Neto tirou o vice-prefeito do MDB e pôs no DEM – partido que preside nacionalmente – em uma articulação que foi vista como uma maneira de manter a sua sigla no comando da prefeitura de Salvador.

Para tentar viabilizar o aliado, Neto ainda nomeou, em fevereiro do ano passado, Bruno como titular da Seinfra, pasta que é responsável pelas principais obras da cidade. O prefeito soteropolitano também liberou o vice-prefeito para inaugurar obras sozinho na capital. No ano passado, pela primeira vez desde que assumiu o Executivo em 2013, Neto permitiu que o seu vice assume interinamente o Palácio Thomé de Souza, durante uma viagem para Londres.

Como parte da tentativa para viabilizar o correligionário, ACM Neto reiteradamente destacou, em eventos da gestão municipal, a “competência e fidelidade” de Bruno Reis.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não reflete a opinião deste site. Todos os comentários são moderados e nos reservamos o direito de excluir mensagens consideradas inadequadas com conteúdo ofensivo como palavrões ou ofensa direcionadas a pessoas ou instituições. Além disso, não serão permitidos comentários com propaganda (spam) e links que não correspondam ao post.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *