Acusado de estupro morre em confronto com a Polícia Militar em Condeúba


 

Um homem acusado de estupro morreu nesta quinta-feira (04) após confronto com o Pelotão de Emprego Tático Operacional (Peto) da 80ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM). A Polícia Civil da cidade havia informado a PM sobre o mandado de prisão em aberto contra o meliante. Ao cumprir a decisão do Poder Judiciário, a guarnição da polícia militar, foi recebida a tiros. Os policiais revidaram a injusta agressão e o agressor foi atingido no confronto. Ele foi socorrido e encaminhado para o Hospital Municipal de Condeúba. Devido a gravidade de seu quadro clínico, ele foi a óbito. Em poder do foragido da justiça, a polícia encontrou um revólver calibre .38 com quatro munições intactas e duas deflagradas. Todo o material apreendido foi apresentado na Delegacia Territorial de Condeúba.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não reflete a opinião deste site. Todos os comentários são moderados e nos reservamos o direito de excluir mensagens consideradas inadequadas com conteúdo ofensivo como palavrões ou ofensa direcionadas a pessoas ou instituições. Além disso, não serão permitidos comentários com propaganda (spam) e links que não correspondam ao post.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *