Barragem do Truvisco caminha para volume morto e preocupa moradores de toda região


 

O nível de água da barragem do sudoeste baiano preocupa moradores. Segundo a Defesa Civil estadual, a situação do açude faz ligar o sinal de alerta. Conforme o superintendente da Defesa Civil do Estado, Paulo Sérgio Menezes Luz, a Barragem do Truvisco, responsável pelo abastecimento de Caculé, Rio do Antônio, Guajeru e Licínio de Almeida “caminha para o volume morto”, Menezes declarou que a situação da Bahia é a mais difícil do Nordeste, pois, desde 2011, a média de chuva está abaixo do nível histórico. A situação tem deixado os Caculeenses apreensíveis, pois a única barragem utilizada para consumo da água está andando a passos largos para o mesmo caminho. Sem soluções, o governo do estado finge desconhecer a situação. Há um ano foi anunciado que esta água seria tirada através de uma adutora do Truvisco, hoje a situação ainda é  mais preocupante, pois a represa encontra-se praticamente em nível morto.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não reflete a opinião deste site. Todos os comentários são moderados e nos reservamos o direito de excluir mensagens consideradas inadequadas com conteúdo ofensivo como palavrões ou ofensa direcionadas a pessoas ou instituições. Além disso, não serão permitidos comentários com propaganda (spam) e links que não correspondam ao post.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *