Delegada Caculeense recebe prêmio Loreta Valadares por defender os direitos das mulheres e questão de gênero


Aconteceu na manhã desta quarta-feira (13), na Câmara Municipal de Vitória da Conquista, uma premiação dedicada as seis mulheres de destaque na  defesa e nos direitos femininos. Dentre as premiadas está a delegada Caculeense,  Iara Gardênia Rocha Fernandes Louzada.

As seis profissionais  homenageadas são destaques nas áreas de atuação, o  evento contou com a presença de toda a mídia baiana. Sendo matéria de repercussão na TV Bahia, afiliada da TV Globo.  A delegada da Deam, Iara Gardênia, falou sobre seu trabalho a frente da unidade e de como as mulheres atendidas chegam à delegacia numa situação de humilhação, tendo que lidar com diversas dificuldades. Segundo ela, a mulher que sofre qualquer tipo de violência, seja física, psicológica, sexual ou patrimonial, deve requerer medida protetiva contra o agressor e procurar a DEAM. “Quebrem o silêncio”, advertiu.

O prêmio recebe o nome de  Loreta Valadares pela importância e valorização que teve na sociedade, Loreta  foi uma feminista e ativista política que nasceu em 1943, Porto Alegre e se mudou para Salvador ainda criança. Lutou contra a Ditadura Militar, foi presa política e exilada.

Em 1980 retornou ao Brasil, tornando-se professora na Universidade Federal da Bahia (UFBA). Seu nome batiza, em Salvador, o Centro de Referência Loreta Valadares – Prevenção e Atenção a Mulheres em Situação de Violência. Em 2005, a Câmara Municipal de Vitória da Conquista estabeleceu o Diploma Mulher-Cidadã Loreta Valadares.

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não reflete a opinião deste site. Todos os comentários são moderados e nos reservamos o direito de excluir mensagens consideradas inadequadas com conteúdo ofensivo como palavrões ou ofensa direcionadas a pessoas ou instituições. Além disso, não serão permitidos comentários com propaganda (spam) e links que não correspondam ao post.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *