Filha jogou água fervente na mãe em Jaguaquara-BA após ser acusada de não ter feito repasse do benefício do governo federal


A mulher de 27 anos presa em flagrante, depois de jogar água fervente na mãe, de 49, foi acusada pela vítima, de não ter repassado um benefício concedido pelo governo federal. O caso ocorreu nesta quinta-feira (10), na cidade de Jaguaquara, distante 336 quilômetros de Salvador.

Segundo informações do delegado Chardison Castro de Oliveira, a filha arremessou a panela com água durante uma discussão. A mãe reclamava que a mulher estaria recebendo o benefício do governo federal e não repassava a ela.

Segundo informações da polícia, a vítima teve queimaduras de 1° e 2° grau e está internada em uma unidade de saúde.

“A vítima teve queimaduras de 1°, 2° grau e permanece internada”, informou o delegado Chardison Castro de Oliveira, titular de Jaguaquara, que enviou uma equipe à unidade hospitalar para coletar depoimentos de testemunhas.

A autora da agressão foi encontrada horas depois do crime, no distrito de Piabanha, na zona rural de Jaguaquara. Ela fez exame de lesões corporais e está presa na DT/Jaguaquara, à disposição da Vara Criminal.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não reflete a opinião deste site. Todos os comentários são moderados e nos reservamos o direito de excluir mensagens consideradas inadequadas com conteúdo ofensivo como palavrões ou ofensa direcionadas a pessoas ou instituições. Além disso, não serão permitidos comentários com propaganda (spam) e links que não correspondam ao post.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *