Jovem baiano que vende água em semáforo é aprovado em concurso da polícia militar


Desde 2016, Daniel era concurseiro. No final do ano passado, ele perdeu a mãe para o lúpus, sofrendo um grande baque em meio às tentativas de realizar o sonho de se tornar policial militar.

Na semana passada, enfim, o baiano foi aprovado no Teste de Aptidão Física, da Polícia Militar da Bahia, o famoso “TAF”.

Há sete anos, o rapaz ficou desempregado. E foi no comércio de água mineral nas ruas de Feira que ele enxergou uma oportunidade para garantir seu sustento e o custeio dos estudos para cada concurso.

Hoje, Daniel vende água mineral em um semáforo na avenida Artêmia Pires, no bairro Sim, próximo à Cerqueira Gonçalves.

“Através da água mineral, eu consegui pagar viagens para fazer os concursos, pude pagar os materiais de estudo. Mesmo não sendo uma renda tão elevada, pude me organizar”, contou.

Desde 2016, Daniel participou de 27 concursos. Em sete deles, não foi aprovado por muito pouco. Por duas vezes, ele foi aprovado em concursos da Polícia Militar em São Paulo, mas a nomeação de fato nunca veio.

“Pode até parecer clichê, mas é que elas nunca desistam. O vencedor é aquele pega as circunstâncias da vida e transforma aquilo em combustível pra vencer. Nunca vai ser fácil, mas também nunca será impossível”, finalizou o futuro policial militar da Bahia.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não reflete a opinião deste site. Todos os comentários são moderados e nos reservamos o direito de excluir mensagens consideradas inadequadas com conteúdo ofensivo como palavrões ou ofensa direcionadas a pessoas ou instituições. Além disso, não serão permitidos comentários com propaganda (spam) e links que não correspondam ao post.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *