Mãe de paciente agride pediatra por receitar remédio caro no Rio de Janeiro


Uma mulher agrediu a pediatra Andrea Cabral na quarta-feira (27) após a médica receitar um remédio caro para o filho dela, de 2 anos, que estava com um quadro leve de pneumonia. O caso aconteceu dentro do Hospital Municipal Albert Schweitzer, no Rio de Janeiro (RJ). As informações são do blog do Ancelmo, do jornal O Globo.

Conforme Andrea, ela receitou um antibiótico genérico para a criança por volta das 10h. Sem conseguir o medicamento, a mãe da criança retornou ao hospital no final da tarde para agredir a médica.

“Ela também agrediu a técnica que tentou me ajudar. Dizia que eu havia passado o remédio de maldade, de sacanagem. Fui covardemente agredida por motivo torpe. Eu canso de fazer internação social, mas não era o caso dessa criança. Avisei os pais que os antibióticos estavam difíceis de serem encontrados e que não eram baratos, expliquei todo o quadro da criança”, disse a pediatra ao O Globo.

A médica foi agredida justamente na data em que é comemorado o “Dia do Pediatra”. “Ninguém respeita mais os profissionais de saúde. A gente que trabalha na ponta, não aguenta mais. Todos os dias sofremos agressões verbais e físicas, não somente no SUS. Essa mulher feriu a minha dignidade, a minha alma. No fim, ela ainda debochou dizendo que eu poderia chamar a polícia, que nada adiantaria”, desabafou a médica.

De acordo com Andrea, ela registou boletim de ocorrência e passou por exame de corpo e delito.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não reflete a opinião deste site. Todos os comentários são moderados e nos reservamos o direito de excluir mensagens consideradas inadequadas com conteúdo ofensivo como palavrões ou ofensa direcionadas a pessoas ou instituições. Além disso, não serão permitidos comentários com propaganda (spam) e links que não correspondam ao post.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *