Alunos do Colégio Estadual Norberto Fernandes são aprovados em diversos vestibulares


Alunos do Colégio Estadual Norberto Fernandes

 

Alunos do Colégio Estadual Norberto Fernandes obtiveram resultados positivos nos vestibulares, com mais de dez aprovações registradas ,sendo em Universidades Federais, Estaduais, através do processo seletivo, os Caculeenses demonstraram determinação e empenho.
O ano de 2018 foi de grandes conquistas para a instituição de ensino, como a premiação do estudante Sandro Lúcio, no Jovem Cientista. Além das aprovações, três alunos obtiveram grandes notas na redação do Enem, sendo eles Paloma Coutinho (960 pontos), Sandro Lúcio (940 pontos) e Yuri Guimarães (940 pontos).

Em entrevista para o Sertão Em Dia, a aluna Paloma Coutinho destaca que os resultados foram conquistados através de muita dedicação e incentivo dos professores ” Bom, eu realmente não esperava essa nota e foi realmente um choque quando recebi! Fiquei muito feliz com o resultado.

O Colégio contribuiu bastante para ele, não é atoa que obteve esse índice de alunos aprovados! Graças ao apoio dos professores, a aplicação de simulados para o Enem que tinham as redações corrigidas seguindo o mesmo critério o colégio nos ajudou muito a estarmos preparados tanto para os vestibulares quanto para o Enem, e tenho a certeza de que medidas como essa trarão um número de aprovados cada vez maior para o nosso CENF”.

 

O ensino da cidade Caculé tem crescido a cada ano, o bom desempenho das escolas tem elevado a nota no  Índice de Desenvolvimento do Ensino Básico (IDEB), alcançando a quarta posição no estado com a nota de 6.4, superando a média nacional. A parceria entre alunos, gestores e professores tem levado o município a obter grandes resultados.

 

 

Uma breve lista foi divulgada, com mais de dez alunos aprovados nos vestibulares, confira:

 Alana Sabriny, Turno vespertino, Passou em Fonoaudiologia na UNEB (Salvador)

Wesley Brito, Turno vespertino, Direito pela UNIFG e Geografia pela UNEB (Caetité)

Érica Barbosa, Turno vespertino, Administração pela UNEB (Guanambi)

Paloma Coutinho, Turno vespertino, Biotecnologia pela UFBA (Vitória da Conquista) e enfermagem UNEB (Guanambi).

Camilo Rocha, Turno vespertino. Geografia UNEB (Caetité)

José Henrique Turno, Vespertino. Ciências Contábeis UNIFG

Gabriel Rodrigues, Turno Matutino, Administração UNiFG

Igor Coutinho, Análise de sistemas. IFBA (Vitória da conquista)

Beatriz Coutinho, Turno Matutino. Enfermagem na UNEB (Guanambi)

Lucineide Santos – História na UNEB (Caetité)

 

 

 

 


Prefeitura de Caculé determina um prazo de 48 horas para a retirada de automóveis abandonados nas ruas


Imagem ilustração

 

A prefeitura de Caculé através da Secretaria do Meio Ambiente emitiu um comunicado nesta segunda-feira (28),  solicitando  a retirada de automóveis abandonados das ruas da cidade.

Na nota enviada pelo departamento de comunicação e demais mídia, esclarece que os proprietários terão um prazo de 48 horas para a retirada dos automóveis, pois os mesmos tem atrapalhado o trânsito da cidade,  atraindo insetos e  sujeiras pela cidade.

Não cumprido o pedido, os proprietários serão notificados e terão seus automóveis guinchados pela prefeitura da cidade.


ONG Jardim das Borboletas lamenta pouca assistência da sociedade caculeense


 

A presidente da ONG Jardim das Borboletas, da cidade de Caculé, Aline Teixeira, esteve em Brasília na presença da primeira dama Michele Bolsonaro em evento voltado para saúde das crianças. A ONG auxilia crianças no tratamento da epidermólise bolhosa, que é uma doença hereditária rara caracterizada pela fragilidade da pele e das mucosas.

Em entrevista ao site Achei Sudoeste da cidade de Brumado, Aline disse que esse foi o primeiro de muitos encontros. “Foi muito debatida a pesquisa de novas medicações e meios que possam facilitar o acesso dessas crianças aos produtos, médicos, especialistas. Por ser uma doença rara, infelizmente, nem todos os médicos do SUS têm o conhecimento da doença. Isso faz com que a criança sofra. Acredito que há uma luz no fim do túnel para nossas crianças”, salientou.

Na oportunidade, a ONG apresentou um projeto de lei com as necessidades das crianças portadoras da patologia. Hoje, a ONG atende 18 crianças e vem crescendo bastante, com atendimento a crianças de todo país. Embora tenha sido fundada em Caculé, Aline lamenta que a cidade não se envolva no projeto, que tem mais respaldo e reconhecimento de pessoas de fora.


Professora Caculeense é classificada para edição de lançamento do livro Literarte


Foto: Professora Maria Angélica Fernandes

 

A Professora Maria Angélica, atua como professora de Arte na cidade de Caculé e também professora de Literatura na UNEB, campus de Brumado, mestre pela Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), doutora-se em Educação na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ),  teve publicações de grande importância, inclusive em editora portuguesa.

A professora fez quatro publicações de peso em 2017, todas voltadas para a Literatura Brasileira, sendo elas: Práticas e Vivências na Educação de Caculé (2017), Tempo de Morangos (2017), e poemas publicados nas coletâneas  Saudades e Poesia (Darda editora 2017) e Nas Teias de Eros (Darda editora 2017). No segundo semestre de 2018, foram publicados Luz de Natal e poemas em dois livros sendo eles, Bahia-Terra de Luz e Amor e Confraria Poética Feminina.

Maria Angélica também participou do CineOP em Minas Gerais na cidade de Ouro Preto, eventos em Niterói, Petrópolis e Rio de Janeiro.

A  caculeense abriu mão da sua rotina diária para cursar o doutorado na cidade do Rio de Janeiro na UFRJ. Sempre determinada e de um discernimento incontestável, Angélica ganhou grandes admiradores na cidade maravilhosa. Por último, a professora foi classificada para o livro Literarte Celebra o Nordeste Brasileiro. O Livro será lançamento nas mais importantes capitais do Nordeste, Salvador, Aracaju, Fortaleza, João Pessoa, Natal, São Luís e Maceió.

Nos altos do sucesso, a professora tem palestrado para diversas intuições, com um projeto de desenvolvimento educacional de ensino e didática para alunos e professores da rede pública e particular de ensino.

Seu e-mail para contato é o [email protected]


Garota Caculeense vence o câncer e campanha é lançada para aquisição de uma prótese na perna


 

Foto: Aynara Pereira Neves

 

A Caculeense  Aynara Pereira Neves, de 16 anos, residente no distrito de Várzea Grande,  foi diagnosticada com câncer na sua perna aos 14 anos, após passar por diversos tratamentos, Aynara teve que amputar sua perna esquerda devido as consequências da doença.

Diagnosticada com osteossarcoma, doença conhecida também como Sarcoma Osteogênico, um  tumor ósseo maligno primário mais comum em crianças e adolescentes, com pico de incidência entre a segunda e terceira décadas de vida. Os locais mais frequentes em que esse tipo de câncer afeta são o fêmur distal, área do joelho (tíbia proximal) e o ombro (úmero proximal).

Através de familiares e amigos, a garota conseguiu superar todas as dificuldades e vencer o câncer, porém em um procedimento de reabilitação da adolescente,  os médicos tiveram que amputar sua perna esquerda. Em fevereiro ocorrerá um Leilão beneficente na  Fazenda Lázaro, no dia 02 ás 19:30, na casa do avô de Aynara, Manelzinho de Dio, próximo a Várzea Grande. A prótese fica em torno de  9 mil reais, muitos em sua comunidade têm sensibilizado pela causa. Quem tiver interesse de fazer doações, poderá fazer o depósito pela conta bancária, Banco Bradesco, Conta Corrente 0016288-4, Agência 3092.

“Não importa qual seja a necessidade, sempre deve haver em nós a prontidão de espírito para servirmos”.