Caculé: Jogo beneficente será realizado pela segunda vez na cidade


Acontece neste sábado (23), no estádio Nilo Xavier em Caculé, a segunda edição do Jogo das estrelas.

O evento tem como intuito arrecadar alimentos e brinquedos para pessoas fragilizadas socialmente, nesta segunda edição, grandes nomes do futebol baiano confirmaram  presença.

Com a chegada do fim de ano, grandes partidas de futebol serão realizadas em prol da solidariedade. Esta é a chance dos fanáticos pelo esporte  reverem  os grandes nomes do futebol . Pensando desta forma, a Pizzaria Caculé  juntamente com a prefeitura organizaram este evento para o município.

Os organizadores  aproveitam o espaço e convida pais e filhos para este ato de grande importância social,  os ingressos serão trocados pelo 1 kg de alimento.

Por: Caetano Augusto 


Caculé: Seleção de Caculé vence Licínio de Almeida e leva a taça de campeão regional


Foto: Facebook José Filho

Caculé participou da final do Campeonato Regional com a seleção de Licínio de Almeida, mesmo com o Clube Potosi cheio e a torcida a favor, não foram  suficiente para o time de Licínio de Almeida vencer Caculé, com o placar de 3×1 Caculé consagrou campeão regional do futebol Society. Os gols marcado pela seleção de Caculé foi de Roseno, Jarbas e Rafael. A cidade de Caculé atravessa uma grande fase futebolística, o técnico Valdeci Prates vem desenvolvendo  um grande trabalho com a seleção, em parceria com o Encarregado  de Esporte Israel Prates e o Chefe de Divisão de Esportes Zé Filho, vêm empenhando o máximo para levar o esporte de qualidade ao município.

 

Por: Caetano Augusto


Licínio de Almeida: O Liciniense Léo Baiano foi contratado pelo Mirassol para disputar o Paulistão 2018


Foto: Divulgação do Mirassol

O presidente do Mirassol, Edson Antônio Ermenegildo, apresentou nesta quinta-feira seus primeiros reforços visando a disputa do Campeonato Paulista de 2018, que começa no dia 17 de janeiro, entre esses reforço está o baiano de Licínio de Almeida, Leonardo Lima dos Santos é
conhecido no mundo do futebol como, Léo Baiano.
O volante Léo Baiano, que estava no Boa Esporte time de Montes Claros-MG, trás no currículo o título de campeão Brasileiro da Série C de 2016 com a equipe mineira. Léo Baiano faz as seguintes declarações “Sou um atleta versátil, pois além de jogar como volante também atuo na lateral direita”.

Abaixo segue o histórico do Léo Baiano
Nome: Leonardo Lima dos Santos
Apelido: Léo Baiano
Posição: volante e lateral direito
Data de nascimento: 10/02/92 (25 anos)
Naturalidade: Licínio de Almeida-BA
Altura: 1,79m
Peso: 78kg
Último clube: Boa Esporte-MG

 

Por: Caetano Augusto 


Flamengo perde por 2×1 para o Independiente, em Buenos Aires


O time argentino foi superior tecnicamente, principalmente no primeiro tempo. Mas foi o Flamengo quem marcou primeiro, aos 10 minutos da etapa inicial, por meio de Réver, de cabeça.

Agora, os dois times vão para a grande final na próxima quarta-feira (13), no Maracanã.

Os zagueiros Juan e Réver disseram, após o jogo, que “o placar é reversível”.

Na final da Sul-Americana não é usado o critério de gols fora de casa. Assim, qualquer vitória do Flamengo no confronto de volta por um gol de diferença leva a decisão para prorrogação e pênaltis. O Independiente será campeão em caso de empate ou vitória. Se o Flamengo vencer por mais de um gol de diferença será o campeão. Mais de 60 mil ingressos para a final de quarta-feira já foram vendidos.


Grêmio domina Lanús na Argentina, vence com golaços e é tri da Libertadores


Por FOX Sports

O Grêmio jogou como time grande, como pedia a ocasião. Na finalíssima da Libertadores, em plena La Fortaleza, acanhado estádio do Lanús, a equipe de Renato Gaúcho não deu chances ao adversário desde o primeiro minuto. Controle total, marcação forte, ritmo acelerado e golaços foram a receita para a vitória por 2 a 1, que coroou o ano tricolor com o tricampeonato do principal torneio de clubes da América do Sul.

O jogo de troca de passes que levou o Lanús tão longe já havia sido tímido na derrota por 1 a 0 no jogo de ida. Na volta, ele simplesmente não apareceu. O time argentino foi engolido pela garra, pela aplicação e pela técnica do Grêmio, que dominou o rival como se estivesse em sua própria casa, principalmente na primeira etapa. Nem mesmo a expulsão de Ramiro nos minutos finais tirou a compostura da equipe gaúcha. Parecia mesmo que a partida era na Arena tricolor, que, aliás, ficou lotada em Porto Alegre para comemorar o título.

O contestado Fernandinho, após uma arrancada em que cruzou metade do gramado, e o sempre calmo Luan, em um lance de cinema no qual enfileirou adversários e tocou por cima do goleiro, foram os autores dos gols gremistas. Sand descontou de pênalti no segundo tempo, mas foi pouco. E Renato Gaúcho, mais uma vez, gravou seu nome em um capítulo da história do clube: campeão da Libertadores como jogador e como treinador.

Com seu terceiro título, o Grêmio iguala Santos e São Paulo como o maior vencedor brasileiro da Libertadores. A equipe gaúcha conquistou o torneio em 1983, 1995 e 2017.