Goleiro Bruno vira ‘estrela’ na Globo e ganha série sobre crime contra Eliza Samudio


O assassinato da modelo Eliza Samudio, a mando do goleiro Bruno Fernandes, será tema de uma série produzida pela Globo. A informação surgiu nas redes sociais nessa quarta-feira (8) e tem dado o que falar desde então. A novidade divide opiniões e tornou-se alvo de críticas inclusive dentro da própria emissora. A autora Glória Perez foi uma das que falou a respeito e mostrou-se contrária. “Só pode ser uma piada; e de mau gosto”.

+ ‘Me apavora pensar que ele pode ser o ídolo de uma criança’: Mãe de Eliza Samúdio fala sobre retorno de Bruno ao futebol

“Estamos começando a desenvolver o projeto que será escrito pelo Lucas Paraíso, que fez ‘Sob Pressão’, e pela cineasta Gabriela Amaral. Assim que for aprovada a primeira etapa, começaremos a pensar no elenco, mas a Vanessa Giácomo está desde a origem do projeto. Todos pensamos nela como Eliza”, explica Amora Mautner.

A série ainda não tem data para ir ao ar, mas deve estrear apenas depois de “Verdades Secretas 2”. Com o projeto, a Globo quer investir em uma linha de produção bastante famosa fora do país, principalmente nos Estados Unidos: histórias de crimes que já tenham sido solucionados pela Justiça.

 


Salário mínimo será de R$ 1.039 em 2020, define governo


O governo federal definiu nesta terça-feira (31) que o salário mínimo será de R$ 1.039 em 2020, conforme estabelecido em medida provisória assinada pelo presidente Jair Bolsonaro.

Com isso, é a primeira vez que o salário mínimo ultrapassa a marca de R$ 1 mil. O valor serve de referência para 49 milhões de pessoas, segundo informações do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

O valor do salário mínimo ficou um pouco abaixo do proposto pelo governo em abril, de R$ 1.040 no projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias, mas ficou acima do valor aprovado no orçamento de 2020 pelo Legislativo – de R$ 1.031. O reajuste foi de 4,1% em relação ao atual mínimo, de R$ 998.

Os valores mudaram, no decorrer deste ano, de acordo com a variação da inflação. De acordo com a Constituição, o salário mínimo tem de ser corrigido, ao menos, pela variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).


Ibovespa Futuro supera os 118 mil pontos e dólar cai para quase 3,99 com desemprego abaixo do esperado


O rali de fim de ano segue ditando o rumo da bolsa brasileira, que caminha para renovar novo recorde histórico no penúltimo pregão do ano na esteira de dados positivos da produção industrial chinesa e de uma taxa de desemprego menor do que a esperada no Brasil.

Às 9h09 (horário de Brasília), o contrato futuro do Ibovespa com vencimento em fevereiro de 2020 registrava alta de 0,42%, a 118.220 pontos, enquanto o dólar futuro com vencimento em janeiro tinha queda de 0,41%, a R$ 4,04. A moeda comercial, por sua vez, tinha baixa de 0,48%, a R$ 4,043.

De acordo com dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a taxa de desemprego fechou em 11,2% no trimestre encerrado em novembro, caindo em comparação com o trimestre anterior, quando a taxa foi de 11,8%, e em relação ao mesmo trimestre de 2018 (11,6%). A estimativa era de que o desemprego caísse a 11,4%, segundo mediana da Bloomberg.


Mega da Virada 2019: Valor acumulado de R$ 300 milhões é o maior da história


O concurso 2.220 da Mega da Virada pode pagar R$ 300 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio será realizado no dia 31 de dezembro, às 20 horas, em São Paulo. Este é o maior prêmio acumulado da história da Mega-Sena, tanto entre concursos regulares como Mega da Virada. O segundo maior valor acumulado é de R$ 280 milhões. O G1 considera os maiores concursos já acumulados da história e não os valores finais pagos aos ganhadores. Já em relação aos valores efetivamente pagos, o maior prêmio foi de R$ 306,7 milhões. O valor foi dividido entre 17 apostas que venceram a Mega da Virada em 2017. Cada uma recebeu R$ 18 milhões


Bancos abrem em horário especial nesta terça-feira, 24


Imagem: Sertão em Dia

 

Os bancos vão abrir em horário especial de atendimento amanhã (24). Hoje, os bancos funcionam normalmente. Segundo a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), nos estados com horário igual ao de Brasília, o horário de funcionamento na véspera do Natal será das 9h às 11h. Nos estados com estados com diferença de uma hora em relação à Brasília, o horário local será de 8h às 10h (9h às 11h no horário de Brasília).

O último dia útil do ano para atendimento ao público, com expediente normal para a realização de todas as operações bancárias solicitadas pelos clientes, será 30 de dezembro. Já no dia 31 (terça-feira), as instituições financeiras não abrem para atendimento.

A Febraban lembra que as agências bancárias não funcionam em feriados oficiais, sejam eles municipais, estaduais ou federais. Dessa forma, os bancos não funcionarão nos dias de Natal (25/12) e da Confraternização Universal (01/01).