Ônibus ruim da empresa Novo Horizonte gera protesto em Guanambi


Passageiros da empresa Novo Horizonte protestaram na tarde de terça-feira (11) contra os péssimos serviços oferecidos pela empresa. O protesto ocorreu por volta das 17h, no Terminal Rodoviário, na cidade de Guanambi, na região Sudoeste da Bahia.

Conforme relatos dos passageiros ao site Fala Você, o veículo disponibilizado pela empresa estava com os pneus carecas, ar – condicionado não funcionava,  para-brisas do carro rachado e ainda não possuía retrovisor. “O carro não tinha nenhuma condição de levar os passageiros até Brasília – Distrito Federal (DF)”, comentou a professora Vina Queiroz que estava como passageira.

O transporte de passageiros de ônibus é uma das formas de locomoção, mais utilizadas no Brasil, em função de sua malha viária e pela regularidade dos serviços oferecidos, além do baixo custo. A partir disso, o transporte rodoviário de passageiros é fundamental para o deslocamento da população de um município para outro. Porém, não basta apenas oferecer o serviço, este tem que ser prestado com qualidade.

A professora afirmou que diante da resistência dos passageiros, um funcionário da empresa alegou que não havia outro ônibus disponível. Segundo Vina, diante da situação ela afirmou que acionaria os policiais para conduzir o motorista e o responsável pela empresa à delegacia, no entanto, por volta das 17h47, um ônibus novo foi disponibilizado e todos embarcaram.

Em resposta ao portal Folha do Vale na manhã desta quarta-feira (12), Lécio Rocha, respondeu que o ônibus citado seguia de Brasília para Guanambi, porém apresentou um problema na cidade de Santa Maria da Vitória e precisou ser substituído.

 “Os passageiros que não quiseram embarcar no veículo Guanambi trocariam de carro em Santa Maria, mas diante do impasse resolvemos substituir o carro. Os carros que atuam nessa região têm entre quatro e cindo anos de uso.”, disse Lécia.

Procurado, AGERBA. Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia, ela não respondeu nossa reportagem.

Fundada em 1963, a empresa tem entre os principais destinos Salvador, Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo, no entanto, não tem oferecido um serviço de qualidade nos últimos anos.

Informações da Folha do Vale


Mãe e filha morreram afogadas em poço na zona rural de Guanambi


Mãe e filha morreram afogadas em um poço na tarde desta segunda-feira (10), na Fazenda Olho D’Água do Icor, próximo ao Suruá, zona rural de Guanambi, no Sudoeste da Bahia.

De acordo informação preliminares repassada, a criança identificada como Vitória Cruz da Silva, de 4 anos, teria caído no poço de aproximadamente 6 metros. Ao ver a filha se afogando, Luciene Cruz da Silva, de 35 anos, tentou salvar a criança, porém as duas morreram afogadas.

Os corpos Vitória e Luciene serão removidos para o IML-Instituto Médico Legal de Guanambi para realização de exame de necropsia.

Informações Folha do Vale


Guanambi: acidentes no perímetro urbano cresceram 23% em 2019


Aumentou o número de acidentes de trânsito dentro do perímetro urbano de Guanambi no ano de 2019 quando comparados os dados com os registros do ano de 2018.

As informações foram divulgadas pela Superintendência Municipal de Trânsito (Smtran) e publicadas pelo Portal Fala Você. Segundo os dados, o aumento foi de 22,3% de um ano para o outro.

No ano de 2018 foram registrados 185 acidentes no perímetro urbano da cidade. Em 2019 as ocorrências saltaram para 227 acidentes.

Em janeiro de 2020 foram 23 registros de acidente, envolvendo 32 automóveis e 13 motocicletas. Ao todo, sete pessoas ficaram feridas, sendo quatro do sexo masculino e três dos sexo feminino.

Ao Fala Você Notícias, o agente de trânsito Rogério Mota, coordenador da Smtran, relatou que a maioria dos acidentes ocorreram devido a falta de atenção dos condutores em relação a sinalização do trânsito, e ainda pontua que “as colisões ocorridas foram frontal e lateral”, disse.

Informações Agência Sertão


PM prende indivíduo com grande quantidade de drogas em Guanambi


Na manhã desta quinta-feira (30), uma guarnição do 17º Batalhão de Polícia Militar (BPM) conseguiu prender um indivíduo com grande quantidade de drogas e apreender um menor de 16 anos, durante rondas realizadas no bairro Monte Pascoal, em Guanambi (BA).

De acordo com informações obtidas pelo PORTAL VILSON NUNES, por volta das 5h30, o menor infrator ao perceber a presença da guarnição tentou dispensar algum objeto e evadiu-se adentrando em uma residência. Neste momento, os policiais conseguiram alcançá-lo e ao proceder com a abordagem foi encontrado com ele a quantia de R$ 200,00 (duzentos reais ) em notas diversas. Continuando as buscas na residência, os militares encontraram aproximadamente 10g de substância análoga à crack e ainda várias embalagens utilizadas para acondicionamento de drogas.

Posteriormente, o menor J.V. J levou a polícia até Érico Xavier da Silva, 18 anos, vulgo
Quinquinha, morador à rua Acelino de Andrade. Com ele, foram encontradas 20 pedras de substância análoga à cocaína, mais aproximadamente 10 gramas de substância análoga a cocaína e R$ 366,25 (Trezentos e sessenta e seis reais e vinte e cinco centavos) em espécie.

Érico, o menor e todo o material apreendido foram encaminhados à Delegacia de Polícia para adoção das medidas necessárias.

Fonte: Portal Vilson Nunes


Imagens aéreas mostram transbordamento do riacho do Belém em Guanambi


 

Imagens feitas pela câmera de um drone mostram como ficou o riacho Belém após transbordar na manhã desta quinta-feira (23) em Guanambi.

Chove na cidade deste às 18h desta quarta-feira (22). Moradores das margens do riacho acordaram com a água chegando muito próximo de suas casas. Alguns não conseguiram sair por conta da altura da água que invadiu as ruas.

A Avenida Sandoval Moraes continua interditada devido à cheia do riacho. Equipes da prefeitura aguardam a água baixar para promover a limpeza do local e liberar o trânsito. A previsão é de que o tráfego seja normalizado pela tarde, caso não volte a chover forte.

A comissão de Defesa Civil percorreu os pontos de alagamentos logo no início da manhã. Segundo Cleber Lopes, membro da comissão, até o momento não houve registros de alagamentos em residências, nem de pessoas desalojadas. Ele afirmou que a comissão está de prontidão para atender as ocorrências.

 

O Pluviômetro da Agência Sertão registrou acumulado de 80 mm até às 12h. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu alerta de perigo no início da tarde desta quarta-feira, com validade até às 12h desta sexta-feira (24).

O riacho do Belém nasce a cerca de mil metros altitude próximo à região conhecida como Gado Bravo, no Distrito de Morrinhos. Ele percorre várias comidades rurais até chegar pela região Leste de Guanambi.

Na cidade, ele margeia o Bairro Beija-Flor e deságua no lago do Parque da Cidade. De lá, ele corta o bairro Sandoval Moraes e segue em direção ao desague no Rio Carnaíba de Dentro, antes disso recebe toda a água do escoamento central da cidade de Guanambi pelo conhecido canal da Feira.

Nos últimos anos, o leito do Belém e suas margens foram drasticamente modificadas por empreendimentos imobiliários.

Imagens do  Romulo Gonçalves (Take Produções), informações da Agência Sertão.