Rui Costa admite desejo de ser candidato a presidente da República em 2022


O governador da Bahia, Rui Costa (PT), admitiu, em entrevista à revista Veja, o desejo de ser candidato a presidente da República em 2022. Hoje, no entanto, o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), é considerado o postulante natural da sigla ao Palácio do Planalto.

“Disse isso ao Lula: mais do que projetarem nomes, os partidos deveriam deixar a vaidade de lado. Se cada um quiser se colocar um degrau acima, não vamos conseguir pensar um projeto de país. Hoje, quero construir com outras lideranças essa alternativa. Mas é óbvio que, se digo que estou disposto a construir algo, então estou disposto a assumir qualquer tarefa. Na medida em que me coloco à disposição, concordo em ser qualquer coisa, inclusive não me candidatar a nada. Quero contribuir porque o povo brasileiro não merece passar por isso que está vivendo”, afirmou, em entrevista à publicação.

Perguntado se Haddad simboliza o futuro do PT, Rui disse que a “força do PT não está em nomes, nem no de Haddad nem no de outros”. “O PT é uma ideia de igualdade num Brasil muito desigual. É preciso trabalhar melhor essa ideia para reconstruir o partido, abordando temas a que o PT sempre se mostrou reticente, como a questão da segurança pública. Não pode ter tabu com isso, senão uma parcela considerável da população não nos enxergará como alternativa”, pontuou. Informações do Bahia Notícia.


Justiça condena Haddad a 4 anos de prisão por caixa dois em eleição


O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) foi condenado por uso de caixa dois de dinheiro recebido da UTC Engenharia na campanha eleitoral de 2012, quando foi eleito. A pena imposta pela Justiça Eleitoral, por falsidade ideológica eleitoral, é de 4 anos e 6 meses de prisão em regime semiaberto. Cabe recurso contra a decisão.

Na acusação, o promotor eleitoral Luiz Henrique Dal Poz afirmou que o então candidato a prefeito “deixou de contabilizar valores, bem como se utilizou de notas inidôneas para justificar despesas”. A quantia recebida da UTC Engenharia, segundo a denúncia, foi de R$ 2,6 milhões.

Fonte ESTADÃO


Polícia Militar poderá entrar em greve na Bahia, governador descarta a possibilidade


Policiais militares da Bahia estão em greve desde a última terça-feira

O governador da Bahia, Rui Costa (PT) minimizou qualquer possibilidade da Polícia Militar (PM) entrar em greve. O chefe do Executivo Estadual foi questionado durante entrevista à imprensa, após apresentação das obras do Veículo Leve de Transporte (VLT), na Câmara de Salvador, nesta quarta-feira (14).

Segundo o governador, “são os políticos que estão tentando fazer movimento”. A Associação de Policiais e Bombeiros e de seus Familiares (Aspra), convocou uma assembleia geral para esta sexta-feira (16), no Clube Adelba, em Salvador. Após a convocação feita pela categoria, surgiu o boato de greve da PM.


Nilo Coelho inicia pré-campanha à prefeitura de Guanambi


A idade talvez não seja impedimento para Nilo Coelho colocar seu nome para ser apreciado mais uma vez pelo povo de Guanambi, na eleição de outubro de 2020. Com 76 anos de idade, o ex-mandatário reconhece que não tem mais 39 anos, como foi eleito prefeito de Guanambi pela primeira vez em 1982.

Cercado de políticos, correligionários e amigos, Coelho deixou claro que é pré-candidato a prefeito de Guanambi. A pré- campanha teve início na manhã de sexta-feira (02), durante o ato de inauguração das obras de reestruturação e modernização do projeto público de irrigação de Ceraíma.

De acordo com o ex-gestor, o momento era de agradecer o deputado federal Arthur Maia pelasemendas direcionadas para o distrito de Ceraíma. “Muito obrigado Arthur! Agradeço meus colegas prefeitos que estiveram comigo no passado, agora no presente e haverá de ser no futuro”, disse Coelho.

Aliados do ex-prefeito afirmaram ao portal Folha do Vale, que o evento foi o pontapé inicial para Coelho iniciar sua pré-campanha. “Nos próximos meses o presidente Nacional do Democratas  e prefeito de Salvador ACM Neto,visitará Guanambi.Nesse ato Nilo deve lançar sua pré-candidatura”comenta um aliado.

Antes de finalizar seu discurso Nilo lembrou que o projeto irrigado de Ceraíma gera emprego e renda, como também é uma das bases de sustentação da economia da cidade. Ele ainda afirmou que o distrito passa por um momento de transformação não só na área da agricultura, mas em todos os sentidos.

Informações e foto, Folha do Vale


Governador ‘investe’ R$ 600 mil em shows para inaugurar teatro em Itabuna


Enfrentando uma crise financeira, com queda na arrecadação e congelamento de salários de servidores, o governo da Bahia gastou R$ 600 mil com a contratação de artistas para a inauguração de um teatro em Itabuna, cidade do sul do estado, no último dia 26. O governo Rui Costa (PT) pagou um cachê de R$ 250 mil por um show acústico da cantora Ivete Sangalo restrito a 600 convidados. No teatro, também houve uma apresentação da Orquestra Sinfônica da Bahia. Assistiram à apresentação Costa e a primeira-dama, Aline Peixoto, além de secretários, parlamentares e autoridades locais. Também foi contratada para a festa de inauguração a dupla sertaneja Simone e Simaria, que recebeu um cachê de R$ 350 mil. Essa apresentação, no entanto, aconteceu em um palco aberto ao público, montado do lado de fora do teatro. O governador subiu ao palco durante o show de Simone e Simaria, de braços dados com as cantoras, e cumprimentou o público. Nos bastidores, tirou fotos com a cantora Ivete Sangalo. No dia seguinte, a banda Chiclete com Banana tocou no mesmo palco, com um cachê de R$ 70 mil pago pelo governo do estado. Desta vez, porém, o motivo do show foi a comemoração dos 109 anos de emancipação da cidade de Itabuna. Em nota, o governo da Bahia informou que a contratação dos artistas para a inauguração do teatro teve como objetivo potencializar a divulgação da entrega do novo equipamento. “Garantir a divulgação do teatro em nível nacional é fundamental para atrair a realização de shows e espetáculos das mais diversas linguagens artísticas no local. Desta forma, o equipamento público vai assegurar a geração de emprego e renda para a região”, informou. Questionado sobre o fato de o governador ter subido ao palco ao lado das cantoras Simone e Simaria, o governo informou que sua presença se deu como “representante do Governo do Estado da Bahia”. Procuradas, as assessorias da cantora Ivete Sangalo e da dupla Simone e Simaria não se pronunciaram sobre a contratação. As obras do Teatro Municipal Candinha Dória, tocadas pela Prefeitura de Itabuna, chegaram a ficar uma década paralisadas por falta de recursos, mas foram concluídas após um convênio com o governo do estado, que repassou R$ 30 milhões para a conclusão. Esta não é primeira vez que a gestão Rui Costa gasta recursos públicos com a contratação de artistas populares para a inauguração de obras na Bahia. No ano passado, o governo contratou bandas como Aviões do Forró e artistas como o cantor Luan Santana para a inauguração de policlínicas de saúde em cidades do interior do Estado.