Bolsonaro decide demitir Luiz Henrique Mandetta do Ministério da Saúde, segundo informações do Jornal O Globo


O presidente Jair Bolsonaro decidiu demitir ainda nesta segunda-feira o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, em meio à crise do novo coronavírus. O ato oficial de exoneração de Mandetta está sendo preparado nesta tarde no Palácio do Planalto. A expectativa é que a decisão seja publicada em edição extra do Diário Oficial da União após reunião do presidente com todos os ministros, entre eles Mandetta, convocada para as 17h. A informação sobre a exoneração de Mandetta foi confirmada ao GLOBO por dois auxiliares do presidente da República.

O deputado federal Osmar Terra (MDB-RS), ex-ministro da Cidadania, é o mais cotado para substituí-lo. Ele almoçou com Bolsonaro e os quatro ministros que despacham do Palácio do Planalto nesta segunda: Walter Braga Netto (Casa Civil), Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo), Jorge Oliveira (Secretaria-Geral) e Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional).

Informações do Jornal O Globo


TSE afasta o deputado Charles Fernandes e mantém inelegibilidade até 2024


O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) manteve a inelegibilidade do deputado federal Charles Fernandes (PSD) até 2024. O Tribunal rejeitou os embargos de declaração apresentados pelo ex-prefeito de Guanambi.

O primeiro suplente é o ex-deputado estadual Manassés (PSD), que comemorou com amigos a decisão da Corte eleitoral. Ele deve assumir o mandato em Brasília em caso de afastamento de Charles.

O julgamento da medida cautelar aconteceu no último mês de março. Os ministros Edson Fachin, Og Fernandes, Luis Felipe Salomão, Tarcísio Vieira de Carvalho, Sérgio Banhos e Rosa Werber, a presidente da Corte, votaram com o relator, ministro Roberto Barroso.

Charles Fernandes foi acusado de abuso de poder econômico por ter contratado mais de mil servidores temporários em 2016, apesar da existência de aprovados em concurso público à espera da convocação.

ATUALIZAÇÃO

Em um primeiro momento, o Bahia Notícias informou que o deputado já estaria afastado do mandato. No entanto, após detalhamento da decisão do TSE, o site atualizou a notícia para informar que a Corte decidiu pela inelegibilidade, o que deve provocar o afastamento do mandato do parlamentar

Informações Bahia Notícias 


Número de novos infectados pelo coronavírus no Brasil cai pelo 3º dia consecutivo, comemora Mandetta


O boletim do Ministério da Saúde mostra que a covid-19 já causou 159 mortes no Brasil. E bateu um novo recorde nas últimas 24 horas: 23 óbitos. Já os dados sobre a evolução dos casos confirmados são reveladores e mostram clara desaceleração do contágio nos últimos quatro dias. Houve um pico na sexta-feira (27), com 502 novos casos, depois disso, foram 3 dias consecutivos de queda: 487 novos casos no sábado, 353 no domingo e 323 nesta segunda-feira (30).

Informações R7


Rui Costa pede que cidades sem Covid-19 mantenham feiras livres e comércio


 

O governador Rui Costa sugeriu a prefeitos de cidades baianas sem casos confirmados de novo coronavírus que mantenham o comércio na ativa. O pedido também se estende à manutenção das feiras livres. Para Rui, as medidas de restrição devem ser gradativas, evitando medidas mais restritivas nesse primeiro momento de enfrentamento da pandemia.

“Nos municípios que não tenham casos confirmados não vejo sentido em fechar feiras livres. O que a gente precisa é tomar cuidado. É aumentar os espaços entre feirantes, mudar a feira, ou espalhar a feira por vários espaços na cidade. Porque o agricultor precisa vender . A mesma coisa vale para o comércio”, sugeriu.

Segundo o gestor, a ação não valeria para cidades já com casos ou que tenham municípios vizinhos com confirmação para a Covid-19. Rui deu o exemplo de São Félix e Cachoeira. “Mas a decisão eu respeito. Aí vai depender de cada prefeito e da população”, afirmou. Rui disse ainda que escolas e eventos, por sua vez, devem ter as atividades suspensas desde já.


Governador Rui Costa anuncia novos leitos de UTI para pacientes com coronavírus e abertura de 16 UPAs para triagem em Brumado e mais 15 municípios do interior


O governador Rui Costa anunciou novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para atender pacientes com coronavírus, assim como a abertura de 16 novas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), ainda não inauguradas, para fazer atendimento de triagem no interior. “Vamos contar com 100 UTIs instaladas no Hospital Couto Maia, parte delas montadas na área do estacionamento do Couto Maia, e outras 100 no Hospital do Subúrbio. Estamos também avaliando colocar outros leitos na Arena Fonte Nova”, afirmou Rui.

De acordo com o governador, até este momento, o atendimento aos pacientes diagnosticados com coronavírus continua concentrado em Salvador. Os hospitais Couto Maia e Ernesto Simões, além do Hospital Espanhol, já foram designados para atender com exclusividade os casos confirmados da doença.

No interior, 16 novas UPAs vão receber pessoas que estão com sintomas da doença. “A ideia é que as UPAs façam a classificação, realizem o manejo clínico, estabilizem o paciente e façam a regulação para unidades de referência secundária ou terciária. Todas as estruturas em análise não estavam em funcionamento”, informou o secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas. Os equipamentos estão nos municípios de Alagoinhas, Araci, Brumado, Catu, Conceição do Coité, Gandu, Lauro de Freitas, Ipiaú, Itamaraju, Itacaré, Jaguaquara, Morro do Chapéu, Santo Antonio de Jesus, Serrinha, Tucano e Valença.