Polícia prende suspeito de financiar com R$ 600 mil ataque em Araçatuba


Um suspeito de financiar o ataque a três agências bancárias em Araçatuba, no Interior de São Paulo, no dia 29 de agosto, foi preso pela polícia. Outras duas pessoas foram detidas no mesmo local por ligação com o tráfico de drogas, também na manhã de ontem.

Segundo a Polícia Civil, a equipe obteve informações sobre um homem chamado Paulo César Dutra Gabrir, de 33 anos, que ostentava um alto padrão de vida e veículos de luxo em um imóvel no Parque São Bento, em Sorocaba. No endereço foi encontrado uma picape Amarok e um BMW.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, Gabrir, que tem passagem por roubo e homicídio, revelou ter financiado a operação para roubar os bancos em Araçatuba.

Com ele a polícia também apreendeu uma quantidade de documentos que aponta que o ataque custou cerca de R$ 600 mil, além de informações relacionadas ao crime organizado e indícios da presença dele em atividades em vários estados brasileiros.

Na operação também foram detidos a esposa dele, Michele Maria da Silva, de 40 anos, foragida por envolvimento com tráfico de drogas, e Emerson Henrique Dias, de 25, com passagens por roubo e que teria saído recentemente de um presídio na região de Araçatuba. Ainda não há relação destes dois com os ataques. Os três foram autuados por organização criminosa.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não reflete a opinião deste site. Todos os comentários são moderados e nos reservamos o direito de excluir mensagens consideradas inadequadas com conteúdo ofensivo como palavrões ou ofensa direcionadas a pessoas ou instituições. Além disso, não serão permitidos comentários com propaganda (spam) e links que não correspondam ao post.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *