Caculé: Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) torna-se referência na região


 

O site Sertão Em Dia foi conferir o trabalho do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) de Caculé, sendo um local público, criado prioritariamente para famílias de  vulnerabilidade social, onde são oferecidos os serviços de Assistência Social, com o objetivo de fortalecer a convivência com a família e com a comunidade.

Cerca de 70 crianças participam do programa, são oferecidos oficinas,  palestras, campanhas e eventos, atuando junto à comunidade na construção de soluções para o enfrentamento de problemas comuns, como falta de acessibilidade, violência no bairro, trabalho infantil, falta de transporte, baixa qualidade na oferta de serviços, ausência de espaços de lazer, cultural, entre outros.

São quatro modalidades de oficinas oferecidas para os jovens, Muay Thai, Capoeira, Música e Teatro, dando a oportunidade aos jovens de conhecer diversas culturas.  Sempre antes das oficinas os jovens são alimentados com um farto café, pois as oficinas requer esforço físico. A equipe de professores são formados por Léo Sparta, Jovana, Rafael Brito, Márcia Barreto, Júlio Cesar e Mirlene, todos tem uma papel fundamental no desenvolvimento das crianças e dos adolescentes.

“O CRAS tem um papel fundamental na vida dessas crianças e adolescentes, aqui orientamos eles a conviver com situações de risco de crimes, drogas e demais comportamentos frente a sociedade, as orientações e os estudos desenvolvidos têm tirado esses jovens da zona de desvio social, o CRAS reeduca muitos que passam por desestrutura familiar”, ressaltou Jovana.

Segundo Léo Sparta, o Muay Thay tem melhorado atenção, disciplina e respeito pelo próximo, “O CRAS de Caculé é uns dos mais completos de nossa região, temos todo o apoio da prefeitura de Caculé, como você pode ver aí, temos todo o material necessário para os aluno desde do tatame as luvas, todo suporte esses jovens tem aqui, desde de psicólogos a nutricionistas. É satisfatório o resultado final, temos aqui a Dejanira, jovem que chegou fragilizada e hoje é uma das melhores alunas do CRAS”.

Dejanira tem um sonho de conseguir lutar em uma luta oficial pela Sparta, segundo seu professor Léo, este sonho será realizado em 11 de maio, no evento realizado na quadra Gutemberg Viana. ” tenho um sonho a ser realizado, pretendo disputar uma luta oficial o Muay Thai mudou minha vida, agradeço todos os professores do CRAS, professor Léo tem me ajudado muito”.

 

 

 

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não reflete a opinião deste site. Todos os comentários são moderados e nos reservamos o direito de excluir mensagens consideradas inadequadas com conteúdo ofensivo como palavrões ou ofensa direcionadas a pessoas ou instituições. Além disso, não serão permitidos comentários com propaganda (spam) e links que não correspondam ao post.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *