Polícia Federal prende prefeito de Candeias pelo partido PP, por fraude na aquisição de ventiladores pulmonares


O prefeito de Candeias, Dr. Pitágoras (PP), foi alvo da Polícia Federal na manhã desta sexta-feira (11). O motivo da operação seria buscar documentos relacionados à compra de respiradores.

A Polícia Federal, em ação conjunta com a Controladoria Geral da União, nesta sexta-feira (11), deflagrou a Operação Estertor, que investiga fraudes em procedimento de dispensa de licitação realizado pelo município de Candeias para a aquisição de oito ventiladores mecânicos pulmonares com verbas públicas federais destinadas ao enfrentamento da Covid-19.

Na operação, 32 policiais federais e nove servidores da CGU estão cumprindo oito mandados de busca e apreensão, todos eles expedidos pelo Juízo da 17ª Vara Criminal da Seção Judiciária da Bahia, sendo três em Candeias, um em São Sebastião do Passé, um em Lauro de Freitas, dois em São Paulo e um em Espírito Santo do Pinhal – interior de São Paulo.

Cada ventilador custou aos cofres municipais R$ 175 mil reais, totalizando vultosos R$ 1.400.000 (um milhão e quatrocentos mil reais), valores esses manifestamente incompatíveis com os de mercado, chegando a revelar uma diferença de mais de R$ 100.000,00 (cem mil reais) por equipamento.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não reflete a opinião deste site. Todos os comentários são moderados e nos reservamos o direito de excluir mensagens consideradas inadequadas com conteúdo ofensivo como palavrões ou ofensa direcionadas a pessoas ou instituições. Além disso, não serão permitidos comentários com propaganda (spam) e links que não correspondam ao post.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *